Como a Ubisoft vendeu 1,4 milhão de livros com a ajuda do Facebook

A produtora de games Ubisoft é conhecida pela série Assassin’s Creed, que conta a história do herói Desmond Miles, da ordem dos Assassinos, que volta a épocas como o Renascimento e a Revolução Americana para impedir que os Templários imponham uma nova ordem mundial. A rebuscada trama, no Brasil desde 2010, conta com 2 milhões de cópias vendidas em seis volumes dos jogos — o que faz do país um dos principais mercados para a empresa. Além do sucesso com os games, a companhia francesa também conseguiu impulsionar a venda dos livros baseados na série. Com a ajuda do Facebook, a soma no Brasil já supera o volume total mundial.

A previsão inicial era tímida: apenas 20.000 exemplares para o primeiro livro da série, lançado em 2011. Em apenas 2 meses, no entanto, a empresa atingiu a marca das 30.000 unidades.

Bertrand Chaverot, diretor-geral da Ubisoft Brasil
“Percebemos que era por conta do Facebook, porque sempre quisemos fazer conteúdo específico para os livros no mercado local”

assassinsRecorde de vendas

Nos dois anos seguintes, foram vendidas 1,4 milhão de cópias contra 1,2 milhão comercializadas mundialmente em cinco anos. Nos Estados Unidos, o segundo país onde a empresa mais vende livros, os números são bem mais modestos: 250.000 exemplares em cinco anos.
É compreensível a surpresa da empresa com os bons números relativos aos livros. O mercado brasileiro de games é o quarto do mundo, mas o editorial ocupa a nona posição com crescimento em queda desde 2009, segundo a International Publishers Association.

A força dos admiradores dos games da Ubisoft inicialmente se refletiu na página da empresa no país, criada em 2011. São 3,5 milhões de fãs contra 2 milhões da página global. Além do Brasil, apenas México e Canadá contam com páginas próprias. Para aproveitar essa base tão grande, a empresa desenhou uma estratégia para cada nova edição da série de livros de Assassin’s Creed.

Bom conteúdo e divulgação correta

Um mês antes do lançamento oficial, a Ubisoft divulga o título do novo livro. Quinze dias antes, a capa é publicada na página. Uma semana antes, os fãs tem a possibilidade de ler o primeiro capítulo gratuitamente. No dia do lançamento, a empresa promove um concurso cultural, em que os fãs têm de criar um diálogo para uma parte da história. O autor do mais criativo ganha um exemplar de graça.

Bertrand Chaverot, diretor-geral da Ubisoft Brasil
“Já encontrei vários adultos que liam os livros, mas nem sabiam da existência dos jogos”

Sem Título-4Para obter um maior alcance deste conteúdo, a empresa utiliza produtos do Facebook como Histórias Patrocinadas e Anúncios de foto em publicação de página, com links de parceiros de comércio eletrônico para que os fãs comprem seus exemplares. A empresa foca em anúncios no Feed de Notícias para desktop e celulares.

A febre de Assassin’s Creed só deve crescer. Além dos produtos derivados — como livros, bonecos, quadrinhos, pôsteres, camisetas e jogos de tabuleiros — em 2015, a franquia terá um filme com o ator Michael Fassbender no papel principal e na produção.

Bertrand Chaverot, diretor-geral da Ubisoft Brasil
“Proporcionalmente, o Brasil é o país em que a Ubisoft mais investe na plataforma. O Facebook e todas as inovações que ele permite são os pilares de nossa estratégia de comunicação e de vendas.”

Fonte: www.facebook.com/business

Fundador do Marketing & Games, Líder de negócios estratégico com histórico de impulsionar o crescimento, promover a excelência em equipes de alto desempenho e impulsionar estratégias de marketing de produtos para reconhecimento e expansão do setor. Experiência comprovada em operações, parcerias e campanhas de marketing globais nos setores de tecnologia e jogos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *