Tag Archives riot games


Final do Mundial de League of Legends bate recorde de audiência e duração


A Riot Games, produtora e distribuidora de League of Legends (LoL), divulgou os resultados de audiência da grande Final do Campeonato Mundial de League of Legends (Worlds), realizado entre 29 de setembro e 29 de outubro, nos Estados Unidos. A partida de 252 minutos (4 h 2 min) – a mais longa final da história do Worlds – consagrou vitoriosa a equipe da SKT T1, que levantou a taça pela terceira vez, assistida por 43 milhões de pessoas ao redor do mundo. A partida teve pico de audiência de 14.3 milhões de espectadores simultâneos e premiou a equipe coreana com o mais alto valor já pago em um Mundial: US$ 6,7 milhões (aproximadamente R$ 23 milhões).

roberto-iervolino-league-of-legends

Roberto Iervolino – Gerente Geral da Riot Games no Brasil

Para garantir uma cobertura ainda melhor para os brasileiros, pela primeira vez, a Riot Games Brasil levou sua equipe completa de comentaristas e narradores para cobrir todas as partidas do campeonato durante um mês. “Acreditamos que levar nossa equipe para fazer, diretamente dos locais das partidas, toda a transmissão, dá mais qualidade à cobertura e possibilidade de geração de conteúdo para os fãs e torcedores brasileiros, que já acompanham e interagem com nossos casters durante todo o CBLOL”, afirma Roberto Iervolino, Gerente Geral da Riot Games no Brasil.

Pela primeira vez, casters brasileiros fizeram a cobertura integral do Campeonato in loco

No Brasil, a Riot Games também repetiu a parceria com os canais SporTV, que transmitiram a final do Worlds no SporTV3 e em seu site Sportv.com, atingindo cerca de 815.000 espectadores. Pelos canais digitais oficiais da Riot Games (YouTube, Twitch e Azubu), foram registrados 717 unique viewers na grande final e atingidos números até superiores em diversas partidas e momentos do Campeonato. “Estamos muito felizes com esse resultado, acreditamos que reunimos uma boa audiência considerando a predominância de times internacionais em um horário mais tarde do que o habitual para as transmissões do CBLOL”, acrescenta o gerente. “Cada vez mais, o fã brasileiro de League of Legends se integra ao cenário internacional, tendo acesso e dando valor ao conteúdo de grandes partidas, grandes equipes e eventos”, finaliza Iervolino.

Com o novo modelo de premiação, o Worlds também atingiu uma premiação recorde de US$ 6,7 milhões – foram adicionados à premiação original de US$ 2,1 milhões cerca de US$ 1,6 milhão com conteúdo in-game dos times (ícones) e mais US$ 3 milhões de contribuição dos fãs com conteúdos in-game.

Confira no link o infográfico com as principais informações sobre o Worlds 2016:


Riot Games produz documentário e demonstra intimidade e preocupação com o cenário competitivo


A Riot Games chegou com mais uma novidades para nós, jogadores ou não: a segunda edição da mini série de documentários chamados de Live/Play. Nela, será apresentada histórias de jogadores ao redor de todo o mundo, com um um objetivo e paixão em comum: League of Legends.

A empresa já vem com um projeto de apresentar toda a paixão e dedicação que gira em torno do jogo, o que traz um importante conceito de como a relação com o game pode ultrapassar o entretenimento num conceito mais purista e também transformar a vida de mbrazilesportsuitas pessoas/jogadores que decidiram que isso é uma parte prioritária do seu tempo e passaram a levar o jogo e a competição para um outro nível. 

Já adianto que é bem difícil não se sentir de alguma forma representado no momento desde o vídeo de divulgação em que um brasileirot tem uma participação na narração, mesmo aliado ao fato de este que vos escreve não é um jogador de League Of Legends. Contudo, me deparar com esse tipo de material em que trata de maneira dedicada e séria a questão dos jogos como competição, fonte de renda e até mesmo de superação de várias pessoas é bem satisfatório. 

Dentro desse contexto, é possível perceber um interessante movimento de ação por parte da Riot Games em divulgar o cenário competitivo que por muitas vezes é negligenciado ou desconhecido por muitos. Isso gera valor para os jogadores e mostra como a empresa tem feitos esforços para manter-se integrada nisso.

Marcio Orlandi, diretor de Produtos da Riot Games no Brasil, cita o seguinte:

“Criamos esta série de documentários, pois acreditamos que mostrar histórias que acontecem por trás do game é uma forma de compartilhar experiências únicas, pessoais e sociais, de cada indivíduo, e ao mesmo tempo mostrar que há uma fator de identificação único na comunidade e uni-los ainda mais”

Independente do gosto em particular pelo jogo, podemos esperar que seja um material interessante, assim como demonstrado no primeiro episódio, para a divulgação dos jogos como competição profissional. Fica aqui o desejo de que este entre na lista de materiais interessantes e obrigatórios sobre o assunto.

O primeiro episódio você pode conferir no Youtube e com a participação do Vinicius Garcia, jogador de League of Legends.

E você, o que achou dessa iniciativa? Vamos trocar umas ideias.

Fontes: Tech Mundo / Riot Games


A convite da Riot Games Brasil, organizadores de eventos e torneios regionais de LoL participam do primeiro workshop no País


Para quem não soube, a Riot Games (produtora e distribuidora do League of Legends) promoveu, de 29 de abril a 1º de maio, a primeira edição do Workshop de Influenciadores Regionais, que foi um encontro destinado a 31 organizadores de eventos e torneios de League of Legends, de 18 estados do Brasil, interessados na troca de experiências e novas estratégias para difundir profissionalmente o game League of Legends.

O evento contou com a presença de diversos jogadores, dentre eles proprietários de bares voltados aos fãs de eSports, responsáveis por times profissionais de League of Legends e criadores de conteúdo.

Segundo Marcio Orlandi, diretor do League of Legends no Brasil:

“Para que a comunidade cresça de maneira horizontal, é preciso sempre trocar informações e experiências, por isso realizamos o Workshop”, afirma.

Durante os dois dias e meio de evento, os participantes tiveram acesso a palestras ministradas por Rioters, que falaram sobre temas que auxiliam os organizadores a reforçar a influência em suas regiões e unir as comunidades locais. Alguns tópicos abordados foram: como encontrar parceiros e patrocinadores; iniciativas para fomentar comunidades locais e divulgar seus eventos nas redes sociais; e pesquisas para receber feedback dos jogadores, a fim de melhorarem seus eventos.

Você pode conferir mais sobre evento da Riot Games logo abaixo. Aproveite e comente sobre o que achou:


Riot Games lança série especial sobre os Valores de Design de League of Legends


A Riot Games lançou uma série especial sobre Valores de Design em sua Central de Aprendizado de League of Legends. São três vídeos que explicam quais são as filosofias que os designers de LoL seguem na hora de modificar e de atualizar o jogo. São elas: evolução, clareza, expertise, escolhas significativas, contra-jogada e trabalho em equipe. A série está disponível na Central de Aprendizado, canal do site oficial de League of Legends.

central-de-aprendizadoOs três vídeos são apresentados pelo Rioter Lucas “Luqi” de Brito. Ele mostra, por meio de imagens e de uma forma simples e didática, o porquê a Riot Games troca, por exemplo, uma cor ou efeito do jogo, cria novos campeões e novas mecânicas. Ao final, há um fórum disponível para que os jogadores possam expor suas dúvidas e opiniões.

Marcio Orlandi, diretor de Produtos da Riot Games Brasil.
“É importante deixar claro à comunidade no que a Riot Games se baseia para atualizar League of Legends. Isso permite que os jogadores entendam a nossa linha de pensamento. Abrir espaço para eles debaterem sobre o tema apresentado nos vídeos também nos ajudará a inovar e a melhorar cada vez mais o jogo.”

Os Valores de Design da Riot Games foram definidos em 2014 e até hoje os desenvolvedores de LoL se baseiam neles para evoluir a qualidade mecânica e artística do jogo. “Seguimos estes princípios para deixar League of Legends mais dinâmico, divertido, competitivo, saudável e balanceado”, afirma Orlandi.

A série especial sobre Valores de Design faz parte da meta da Riot Games Brasil em sempre manter os jogadores informados sobre tudo o que acontece em League of Legends para que tenham a melhor experiência com o jogo.

Para saber mais, é só conferir os episódios abaixo:

Episódio 1 – Evolução e Clareza

Episódio 2 – Expertise e Contra-Jogadas

Episódio 3 – Escolhas e Trabalho em equipe


A Riot Games está com diversas vagas abertas para o escritório de São Paulo


A Riot Games (produtora e distribuidora do League of Legends) está com vagas abertas para os fãs de jogos eletrônicos. São mais de 15 posições para o escritório de São Paulo para as áreas de Artes, Comunidade, eSports, Experiência do Jogador, Gerenciamento de Projetos, Localização, Marketing, Relações Públicas, Produção de Vídeos, Suporte ao Jogador e Tecnologia da Informação (TI).

De acordo com o Gerente Geral da Riot Games, Roberto Iervolino, o mercado de games hoje oferece oportunidades para todos, desde posições de analista, coordenação a direção. “Buscamos identificar talentos que possam contribuir com os nossos esforços em promover a melhor experiência aos nossos fãs e jogadores”, comenta o executivo.
RiotGamesLogo
A Riot Games oferece salário e benefícios competitivos em relação ao mercado, além de uma bolsa anual para jogos, parte dos esforços da empresa em ser a companhia mais focada no jogador do mundo. Os interessados devem entrar no site da Riot Games e selecionar a cidade de São Paulo; após acessar a vaga de interesse, é preciso enviar uma carta de apresentação e currículo. Todas as oportunidades exigem o idioma inglês entre os níveis avançado e fluente. Após a seleção dos currículos, serão realizadas entrevistas para verificar a experiência e formação do candidato, além de avaliar se o perfil do profissional é compatível com a cultura da empresa.


Riot Games tem 20 vagas abertas para escritório em São Paulo


A Riot Games – produtora e distribuidora do League of Legends – está com 20 vagas abertas para os fãs de jogos eletrônicos que sonham em trabalhar nesse segmento. Especialistas em Artes, Business Intelligence, Desenvolvimento Web, Produção de Vídeos, Suporte ao Jogador, Tecnologia da Informação (TI), entre outros profissionais podem se candidatar às vagas abertas.

riot gamesAs oportunidades são para o escritório de São Paulo. Os interessados devem entrar no site da Riot Games e selecionar a cidade de São Paulo; após acessar a vaga de interesse, é preciso enviar uma carta de apresentação e currículo.

Para todas as vagas é exigido o idioma inglês entre os níveis avançado e fluente. Após a seleção dos currículos, serão realizadas entrevistas para verificar a experiência do candidato, além de avaliar se o perfil do profissional é compatível com a cultura da empresa.

roberto-iervolino-riot-gamesRoberto Iervolino, Gerente Geral da Riot Games
“Estamos em busca de profissionais que sejam apaixonados por jogos em geral e que possuam uma grande bagagem no mercado de trabalho. Nosso escritório já possui 63 funcionários inovadores, comprometidos com o objetivo de oferecer a melhor experiência a nossos jogadores”

Entre os diferenciais que a Riot Games oferece ao funcionário está uma bolsa anual para jogos, além do salário e benefícios competitivos em relação ao mercado. Isso faz parte dos esforços da empresa em ser a companhia mais focada no jogador do mundo.

Em março de 2015, a Riot Games ganhou a 13ª colocação das 100 Melhores Empresas para se Trabalhar da revista Fortune. Além disso, em junho, a empresa ficou com a 21ª colocação no ranking das 100 Melhores Empresas para se Trabalhar para a Geração do Milênio, realizado pela mesma publicação.


Eleita uma das melhores empresas para se trabalhar, Riot Games abre oportunidades em São Paulo


A Riot Games – produtora e distribuidora do League of Legends – está com dez oportunidades em níveis de liderança para os fãs de jogos eletrônicos que sonham em trabalhar nesse segmento. As posições abertas são para o escritório de São Paulo, nas áreas de Comunidade, Eventos, Financeiro, Gerenciamento de Projetos, Recursos Humanos, Suporte ao Jogador e Tecnologia da Informação (TI).

Os interessados devem entrar no site da Riot Games e selecionar a cidade de São Paulo; após acessar a vaga de interesse, é preciso enviar uma carta de apresentação e currículo. Todas as oportunidades exigem o idioma inglês entre os níveis avançado e fluente. Após a seleção dos currículos, serão realizadas entrevistas para verificar a experiência do candidato, além de avaliar se o perfil do profissional é compatível com a cultura da empresa.

roberto-iervolino-riot-games-marketingRoberto Iervolino, Gerente Geral da Riot Games no Brasil
“Procuramos profissionais que, além de contar com uma rica experiência de trabalho, possam agregar grande conhecimento à nossa equipe e sejam apaixonados por jogos em geral. Somente com uma equipe que tenha grande interesse pelos mais variados títulos podemos ter ideias inovadoras, com o objetivo de oferecer a melhor experiência a nossos jogadores.”

A Riot Games oferece salário e benefícios competitivos em relação ao mercado, além de uma bolsa anual para jogos, parte dos esforços da empresa em ser a companhia mais focada no jogador do mundo. Além das oportunidades em níveis de liderança, a empresa conta também com outras 11 vagas, em áreas como Artes, Desenvolvimento Web, Eventos, Financeiro, Marketing, Produção de Vídeos, Recursos Humanos e Suporte ao Jogador.

100_best_fortune_riot_games_marketingEm março de 2015, a Riot Games ganhou a 13ª colocação das 100 Melhores Empresas para se Trabalhar da revista Fortune. Além disso, em junho, a empresa ficou com a 21ª colocação no ranking das 100 Melhores Empresas para se Trabalhar para a Geração do Milênio, realizado pela mesma publicação.


Riot Games anuncia novo Gerente de eSports no Brasil


A Riot Games – produtora e distribuidora do League of Legends – anuncia Fabio Massuda como o novo Gerente Sênior de eSports da empresa no Brasil. Com 13 anos de experiência, Fabio iniciou sua carreira no Monitor Group (atual Monitor Deloitte), empresa de consultoria de gestão estratégica, onde permaneceu por mais de cinco anos.

Fabio atuou ainda como empreendedor-em-residência na Monashees Capital, empresa de capital de risco que investe em start-ups. O profissional foi também cofundador e CEO da empresa Mobjoy Games, empresa de desenvolvimento de jogos para dispositivos móveis.

fabio-massuda-riot-games-marketing-esports“Sempre fui apaixonado por games, especialmente por títulos que contenham elementos esportivos. Por isso, estou muito animado com a oportunidade de liderar o time de eSports da Riot Games, empresa que tem o jogador como foco e promove campeonatos em diversas regiões do País. Meus principais desafios serão estruturar o eSport no Brasil e desenvolver novas iniciativas para entregar a melhor experiência ao jogador de League of Legends”.

Formado em Engenharia Mecânica-Aeronáutica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), Fabio tem MBA na Haas School of Business da University of California, Berkeley.

Fábio terá o desafio de desenvolver novas iniciativas para entregar a melhor experiência ao jogador de League of Legends, desejamos muita boa sorte e sucesso ao profissional e a Riot Games!


Final da 1ª Etapa do CBLoL será transmitida em 25 salas de cinema do Brasil


A final da 1ª Etapa do Circuito Brasileiro de League of Legends (CBLoL) será transmitida ao vivo para 25 salas de cinema brasileiras, o dobro do circuito original planejado pela a Riot Games – produtora e distribuidora do League of Legends. Em parceria com a Cinelive, o confronto entre INTZ e Keyd Stars, realizado em 18 de abril, no Centro de Convenções de Florianópolis (SC), contará com a transmissão nas cidades de Aracajú (SE), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Guarulhos (SP), Maceió (AL), Manaus (AM), Natal (RN), Niterói (RJ), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), São Paulo (SP) e Vitória (ES).

Roberto Iervolino, Gerente Geral da Riot Games no Brasil
“Nosso objetivo é entregar a melhor experiência a nossos jogadores. Por isso, apostamos na transmissão ao vivo da final da 1ª Etapa do CBLoL em salas de cinema brasileiras. Desta forma vamos dar aos fãs de eSports, que não poderão estar em Florianópolis, a oportunidade de assistir à final do campeonato em uma sala de cinema, onde certamente poderão sentir toda a emoção da partida decisiva de forma única”.

imagem-social-mediaCom mais de 6,5 mil ingressos vendidos nas 18 cidades, a transmissão de eventos ao vivo em salas de cinema é uma tendência em todo o mundo – a Cinelive, que é pioneira no mercado de transmissão via satélite para cinemas e já realizou a exibição de grandes eventos esportivos e de entretenimento como os jogos da Copa do Mundo, o Super Bowl e as finais da UEFA Champions League, realiza a transmissão da final do CBLoL e acredita que este será mais um evento de sucesso em 2015.

Laudson Diniz, Gerente Executivo da Cinelive
“A agilidade no processo de abertura de salas é crucial para eventos como o CBLoL. Viabilizar conteúdos diferenciados para cinemas era algo impossível antes da digitalização dos cinemas e do trabalho realizado pela Cinelive”.

A transmissão de etapas presenciais do CBLoL em cinemas ainda está em fase de teste. Nas praças que ainda permanecem disponíveis, os ingressos estão à venda pelo valor de R$ 30,00 (inteira) e podem ser adquiridos pelo site www.cinelive.com.br ou bilheterias dos cinemas participantes. A meia-entrada será aplicada de acordo com a legislação local de cada cidade. Os ingressos adquiridos pela internet estão sujeitos à taxa de conveniência do portal de vendas.

A equipe campeã da 1ª Etapa do CBLoL garante vaga para disputar o International Wild Card Invitational (IWCI), na Turquia, além de ganhar o prêmio de R$ 60 mil. Em Istambul, o representante brasileiro confrontará times da Turquia, da Comunidade dos Estados Independentes, da Oceania, do Japão, da América Latina e da Garena pro League (GPL) por uma vaga no Mid-Season Invitational (MSI), na Flórida (EUA).

Para mais informações sobre venda de ingressos e cinemas participantes acesse www.cinelive.com.br.


Riot Games tem mais de 20 vagas abertas para escritório em São Paulo!


A Riot Games – produtora e distribuidora do League of Legends – está com vagas abertas para os fãs de jogos eletrônicos que sonham em trabalhar nesse segmento. São mais de 20 oportunidades para o escritório de São Paulo para as áreas de Artes, Comunidade, eSports, Experiência do Jogador, Gerenciamento de Projetos, Localização, Marketing, Produção de Vídeos, Recursos Humanos, Suporte ao Jogador e Tecnologia da Informação (TI).

riot-games-vagas-M&G-01Oportunidades são para diversas áreas, os interessados podem se inscrever pelo site da companhia.

Os interessados deverão clicar aqui para entrar no site e selecionar a cidade de São Paulo; após acessar a vaga de interesse, é preciso enviar uma carta de apresentação e currículo. Todas as oportunidades exigem o idioma inglês entre os níveis avançado e fluente. Após a seleção dos currículos, serão realizadas entrevistas para verificar a experiência e formação do candidato, além de avaliar se o perfil do profissional é compatível com a cultura da empresa.

A Riot Games oferece salário e benefícios competitivos em relação ao mercado, além de uma bolsa anual para jogos, parte dos esforços da empresa em ser a companhia mais focada no jogador do mundo.

roberto-iervolino-riot-games-vagas-M&G-02

Roberto Iervolino

Roberto Iervolino, Gerente Geral da Riot Games no Brasil
“Para que a equipe possa dar a melhor experiência aos fãs de League os Legends, toda a área de Suporte ao Jogador, responsável por solucionar dúvidas e problemas que envolvem o título, é contratada pela própria empresa e passa por uma criteriosa avaliação para oferecermos um tratamento personalizado ao jogador. Atualmente, o escritório brasileiro conta com 52 funcionários. Com as mais de 20 oportunidades que temos abertas, teremos um crescimento de aproximadamente 40% no número de colaboradores.”

Em 2013, a Riot Games ganhou a terceira colocação do Great Place to Work na lista de Melhores Médias Empresas para se Trabalhar. Além disso, a empresa ficou com a quarta colocação no ranking da Business Insider com as 25 Melhores Companhias de Tecnologia para Trabalhar em 2013.