Tag Archives League of Legends


Final do Mundial de League of Legends bate recorde de audiência e duração


A Riot Games, produtora e distribuidora de League of Legends (LoL), divulgou os resultados de audiência da grande Final do Campeonato Mundial de League of Legends (Worlds), realizado entre 29 de setembro e 29 de outubro, nos Estados Unidos. A partida de 252 minutos (4 h 2 min) – a mais longa final da história do Worlds – consagrou vitoriosa a equipe da SKT T1, que levantou a taça pela terceira vez, assistida por 43 milhões de pessoas ao redor do mundo. A partida teve pico de audiência de 14.3 milhões de espectadores simultâneos e premiou a equipe coreana com o mais alto valor já pago em um Mundial: US$ 6,7 milhões (aproximadamente R$ 23 milhões).

roberto-iervolino-league-of-legends

Roberto Iervolino – Gerente Geral da Riot Games no Brasil

Para garantir uma cobertura ainda melhor para os brasileiros, pela primeira vez, a Riot Games Brasil levou sua equipe completa de comentaristas e narradores para cobrir todas as partidas do campeonato durante um mês. “Acreditamos que levar nossa equipe para fazer, diretamente dos locais das partidas, toda a transmissão, dá mais qualidade à cobertura e possibilidade de geração de conteúdo para os fãs e torcedores brasileiros, que já acompanham e interagem com nossos casters durante todo o CBLOL”, afirma Roberto Iervolino, Gerente Geral da Riot Games no Brasil.

Pela primeira vez, casters brasileiros fizeram a cobertura integral do Campeonato in loco

No Brasil, a Riot Games também repetiu a parceria com os canais SporTV, que transmitiram a final do Worlds no SporTV3 e em seu site Sportv.com, atingindo cerca de 815.000 espectadores. Pelos canais digitais oficiais da Riot Games (YouTube, Twitch e Azubu), foram registrados 717 unique viewers na grande final e atingidos números até superiores em diversas partidas e momentos do Campeonato. “Estamos muito felizes com esse resultado, acreditamos que reunimos uma boa audiência considerando a predominância de times internacionais em um horário mais tarde do que o habitual para as transmissões do CBLOL”, acrescenta o gerente. “Cada vez mais, o fã brasileiro de League of Legends se integra ao cenário internacional, tendo acesso e dando valor ao conteúdo de grandes partidas, grandes equipes e eventos”, finaliza Iervolino.

Com o novo modelo de premiação, o Worlds também atingiu uma premiação recorde de US$ 6,7 milhões – foram adicionados à premiação original de US$ 2,1 milhões cerca de US$ 1,6 milhão com conteúdo in-game dos times (ícones) e mais US$ 3 milhões de contribuição dos fãs com conteúdos in-game.

Confira no link o infográfico com as principais informações sobre o Worlds 2016:


eSports: Riot Games Brasil e SporTV transmitem a final do Campeonato Mundial de League of Legends


A Riot Games e os canais SporTV retomam a parceria que levou à televisão as partidas decisivas do Campeonato Brasileiro de League of Legends 2016 (CBLOL) e do International Wildcard Qualifier 2016 (IWCQ) para transmitir, ao vivo, a grande final do Campeonato Mundial de League of Legends 2016 (Worlds) no dia 29 de outubro. O palco da partida será o STAPLES Center, em Los Angeles, nos Estados Unidos. A transmissão deste grande evento dos eSports, com direito a Cerimônia de Abertura, terá início às 20h30 (horário de Brasília), no SporTV2 e sportv.com, e contará com a participação da equipe brasileira de apresentadores da Riot Games diretamente do ginásio. Os torcedores também poderão assistir o embate nos canais da Riot Games Brasil no YouTube, no Twitch TV e no Azubu TV.

Parceria que fortalece os eSports leva ao canal de esportes a emoção da partida decisiva do Mundial de League of Legends que será realizada no STAPLES Center, em Los Angeles

image

A Taça do Invocador posando junto ao Chicago Theater

O Worlds 2016 teve início em 29 de setembro, quando o Bill Graham Civic Auditorium, em São Francisco, recebeu as 16 melhores equipes do mundo para a disputa da Fase de Grupos. Em seguida, foi a vez de Chicago sediar as Quartas de Finais, no tradicional Chicago Theatre. Agora, 21 de outubro, Nova Iorque abre as portas do Madison Square Garden para as Semi-finais. Todas as partidas são transmitidas pelos canais da Riot Games Brasil e a cobertura completa do campeonato pode ser acompanhada em br.lolesports.com.

A parceria espera repetir o sucesso das transmissões anteriores, quando a Riot Games e o SporTV juntos tiveram audiência de 2,1 milhões de pessoas no CBLOL e 2,3 milhões no IWCQ. “O interesse dos brasileiros pelas partidas da Fase de Grupos do Worlds deste ano garantiu a média de audiência de 600 mil espectadores e o público acompanhou não só as partidas da INTZ, representante brasileiro, como dos demais times da elite do cenário profissional mundial”, diz Roberto Iervolino, Gerente Geral da Riot Games Brasil. Os fãs do jogo também acompanham as redes sociais e a cobertura da imprensa de eSports, demonstrando interesse pelo cenário internacional. “O Brasil apresenta não só equipes profissionais capazes de disputar campeonatos no exterior, como também uma torcida que vibra com as partidas entre as melhores equipes do mundo. Isso só reforça nossa crença e afirmação do esporte eletrônico como conteúdo relevante para o público”, completa o executivo.

Os fãs de eSports também poderão acompanhar a grande final por meio da Torcida LoL: uma série de eventos independentes espalhados pelo país que reúnem a comunidade de League of Legends durante partidas decisivas. Esse ano serão realizados 70 eventos com a expectativa de receber mais de 20 mil torcedores. Todos que comparecerem à Torcida LOL ganharão brindes e participarão de diversas atividades. Para mais detalhes e informações acesse aqui.


Cooperação ou Multiplayer!!! Você sabe a diferença?


O advento da internet, a globalização e a expansão das tecnologias de comunicação, ajudaram a criar novas interações no mundo dos jogos, principalmente quando falamos de jogar com um grupo de pessoas. Essa característica peculiar, traz duas modalidades de jogos bem distintas, mas que podem confundir os mais desavisados. A realidade é que a maioria dos jogos está trazendo uma interação entre múltiplos jogadores como diferencial, seja como escopo principal ou um extra muito bem-vindo.

league-of-legends-marketing-games

Imagem: Seleção de Team no League of Legends

Mas afinal, o que jogos como Counter- Strike e League of Legends têm em comum, você saberia responder?

Ambos são jogos que usam como alicerce da sua jogabilidade a interação cooperada, em outras palavras, você joga com “a galera” e precisa dela para terminar sua partida. Nesse tipo de jogatina, você é estimulado a estar sempre presente e a cooperar ativamente com sua equipe ou aliado, e sua inatividade em determinado espaço de tempo pode lhe custar banimento da partida, e outros ônus no processo de jogo.

counter-strike-online-marketing-games

Modo Multiplayer + Co-op de CS Online

Isso não acontece no caso de jogos multiplayer , onde um ambiente pode ser compartilhado por diversos jogadores, que têm ou não o mesmo objetivo, sem que a interdependência seja uma regra ou determinante para a conclusão da missão , jogada ou trecho.

Ambas as estratégias podem ser utilizadas para dinamizar o modo de jogar, por exemplo jogos que oferecem o modo online em ambiente aberto como multiplayer e a adesão a clãs ou equipes como forma de co-op (abreviação de cooperação), o que podemos encontrar em diversos jogos como Call of Duty , GTA Online e Bloodburne por exemplo.

san-andreas-multiplayer-marketing-games

GTA – San Andreas

Tudo que falamos até agora exige que os jogadores estejam utilizando servidores na internet para que a “mágica” aconteça, porém é possível também que jogos ofereçam o multiplayer offline, ou em lan, ou até o modo co-op local. Esse último modo lembra bastante o “jogar de dois” das primeiras gerações de consoles , que vêm se perdendo ao decorrer de novos lançamentos, nele é possível estar em modo cooperativo jogando com seus amigos , na mesma sala , conectados ao mesmo PC ou Console, com múltiplos controles.

 

Um bom exemplo dessa forma de jogo é o Legend of Dungeon, da Robots Love Kitty, uma divertido RPG  em 2.5D , com personagens em gráficos que lembram o Nintendinho 8 bits, onde é possível jogar solo ou com até 3 amigos, a fim de vencerem as 26 fases e o desafio final.

 

arkade-bloodborne-multiplayer-marketing-games

Bloodborne

legend-of-dungeon-marketing-games

Cooperação offline local no Legend of Dungeon

Não é raro encontrarmos pela internet , definições bem simplificadas sobre a diferença básica do que é multiplayer e cooperação , onde muitos se prendem ao fato de que no primeiro se joga versus e no segundo jogam na mesma equipe, mas já vimos que essas explicações são bem superficiais, cabe aos desenvolvedores encontrarem os caminhos de diferenciar ou misturar os dois de forma que a diversão seja o alvo, afinal em um jogo antes de tudo é o que mais importa , se divertir.


O presente e o futuro dos eSports


Em 2012, um dos fundadores de League of Legends (LoL) falou sobre o que a visão do futuro dos eSports de LoL poderia ser em 5 anos – onde eventos e transmissões estivessem ao nível de qualidade de produção e paixão dos esportes tradicionais, onde jogadores profissionais pudessem criar carreiras lendárias com base em suas habilidades em Summoner’s Rift. Sabemos que essas metas foram parte de uma jornada maior para fazer um eSport global que pudesse durar por gerações – aqui está como chegamos onde estamos e o que estamos fazendo para o futuro. 

O Futuro dos eSports de LoL

esports-lol-marketing-games-all-starsConforme vamos rumo a 2017 e além, continuamos a tomar passos na direção de um futuro em que os melhores jogadores de LoL sejam bem remunerados e tenham longas carreiras fazendo o que amam – e onde as organizações de equipes de League of Legends tenham negócios prósperos, lideradas por donos habilitados que dividem responsabilidades e comprometimento pela prosperidade do esporte a longo termo. Para nos ajudar a chegar lá, vamos dividir as receitas provenientes das transmissões de LoL eSports e iremos colaborar com nossos parceiros para desenvolver novos modelos de negócio e moldar a liga ativamente. Queremos que esses parceiros tenham uma participação permanente, para ficarem investidos em um futuro estável e lucrarem do sucesso contínuo do esporte. 

Estamos comprometidos a levar os eSports para este futuro. 

Como Chegamos Lá

Bem basicamente, o sucesso dos eSports seguiu um caminho de três passos:

  • Base de Fãs
  • Modelo de Negócio
  • Estabilidade

Estes três passos são construídos um a partir do outro – e nem todas as 13 regiões de ligas do LoL ao redor do mundo estão no mesmo estágio de maturidade. Algumas das ligas mais maduras (LPL, LCK, LCS NA e LCS EU) têm uma forte base de fãs e estão trabalhando em melhorar em questões econômicas, enquanto outras ligas ainda estão trabalhando em estágios de desenvolvimento que Brandon descreveu em 2012. Vamos olhar estes estágios mais de perto.

Base de Fãs

 

A base de fãs em que sempre acreditamos vai muito além do número de telespectadores assistindo a uma partida. Fãs são comunidades que se uniram pela experiência compartilhada de apoiar suas equipes, jogadores e ligas favoritos. Essas conexões profundas são forjadas tanto na euforia de um ACE que leva à vitória em uma partida quanto na agonia de uma virada no Mundial que resulta na eliminação de um time.

esports-lol-marketing-gamesTambém acreditamos que a base de fãs melhora quando é compartilhada com outros que compartilham de suas paixões. Seja torcendo nas arenas, em casa ou na Torcida LoL, esperamos dar aos fãs de eSports a chance de compartilhar todas as experiências dentro de sua comunidade. Estamos animados em ver o crescimento do número de experiências compartilhadas ao redor do mundo e adoramos os empreendedores incríveis que deram o sangue para construir comunidades ao redor do mundo que apoiam os eSports de League. Somos eternamente gratos por todos os seus esforços e estamos ansiosos em fazer ainda mais para apoiar vocês.

Sejamos claros – nada disso daria certo sem você. Milhões de jogadores assistindo a uma Final do Mundial não é só um número para nós – é a fundação sobre a qual tudo isso é construído.

Modelo de Negócios

Uma vez que vimos o crescimento da base de fãs nas ligas regionais e ao redor do mundo, acreditamos que temos a responsabilidade de pavimentar o futuro sustentável do esporte. Nossa comunidade de fãs de eSports – e seu envolvimento com o esporte – tem um valor tangível e nos dá a oportunidade de construir um ecossistema que possa gerar lucro e sucesso para equipes e seus donos. Para continuar a atrair o tipo de investimento saudável e a longo termo que nos ajudou a fazer com que o cenário amadurecesse até agora, e que continuará apoiando a evolução do esporte, precisamos disponibilizar novas receitas de transmissão. Precisamos aumentar isso para que haja mais para as equipes e para os profissionais. No momento, a receita pode ser categorizada em algumas partes – e mais chegarão à medida em que o cenário amadurecer:

  • Mídia/patrocínios
  • Merchandising
  • Conteúdo em jogo

Mídia/patrocínios são uma parte vital do futuro econômico dos eSports de League. Estamos trabalhando há um ano para reestruturar e expandir nossa abordagem à distribuição de mídia e vendas de comerciais/patrocínios. Infelizmente, não podemos dar mais detalhes até concluirmos negociações, mas acreditamos que este seja um componente importante para o sucesso a longo termo.

Já Merchandising requere muito mais colaboração com as equipes. Pesquisas recentes mostraram muito interesse dos fãs, e gostaríamos de trabalhar mais próximos das equipes para ajudá-las a ampliar seus esforços em conseguir coisas legais para quem tiver interesse em adquiri-las.

Finalmente, vender conteúdo em jogo sempre foi parte importante do nosso plano econômico, tanto para times, quanto para League. Começamos com ícones de invocador e estamos trabalhando com equipes para explorar novos itens e aumentar o compartilhamento de receita. Para detalhes específicos em algumas mudanças importantes no conteúdo em jogo que faremos em breve (sem ™), temos uma seção detalhada abaixo. Continue lendo firme e forte! 

Estabilidade

Conseguir a base de fãs e um modelo econômico forte é importante para um esporte próspero – mas estabilidade, com organizações parceiras e a estrutura certa, ajuda a criar um ambiente mais saudável onde nosso esporte possa crescer e evoluir nos próximos anos.

lolesportsnow_header

Ainda não estamos na fase onde podemos descrever exatamente como as parcerias funcionarão; não temos certeza de como elas irão funcionar, ou até se usaremos a mesma estrutura em todas as regiões. Algumas parcerias ao redor do mundo são complicadas – legalmente, financeiramente e operacionalmente. Dito isso, o primeiro passo é assegurar estes parceiros e preparar a estrutura certa. Esperamos dar este passo em 2018. 

eSports de LoL em 2017

À medida que investimos e preparamos o nosso futuro, reconhecemos que o ecossistema atual ainda não é consistentemente lucrativo para donos de equipe ou para a liga. Os custos cresceram – principalmente na forma de salário e sistema de apoio para os jogadores – como resultado direto de investimentos externos significativos e de interesse no cenário. Por exemplo, donos motivados na LPL tem tentado ser mais competitivos globalmente, em parte ao importar ótimos jogadores com salários altos, o que levou a aumentos similares em salários em ligas como a LCK para tentar proteger e manter seu talento regional. Este investimento é algo positivo, especialmente para os profissionais, mas entendemos que ele cria pressão para equipes lidarem com custos a curto prazo e temos tentado ajudá-las a evitar cortes em salários e apoio aos jogadores profissionais.

Esta parte da jornada não é incomum; investimento escalado é uma ocorrência natural em um ecossistema em crescimento, e é um sinal de que nossa abordagem inicial tem funcionado. Contudo, reconhecemos que podemos ajudar a reequilibrar o cenário ao acelerar algumas de nossas táticas econômicas de longo prazo para ajudar a lidar com os problemas de curto prazo sentidos por muitos de nossos parceiros. 

Receita Digital

A partir do Mundial 2016, faremos algumas mudanças no conteúdo em jogo que criarão receita adicional para jogadores e equipes. 

  • image-3Skin e sentinelas Campeonato – A partir de agora, 25% da receita da skin Campeonato e da Sentinela Campeonato será adicionada ao prêmio do Mundial. Isso significa que cada compra do Zed Campeonato vai aumentar diretamente o prêmio para o Mundial 2016. Dando mais contexto, se isso tivesse sido aplicado ano passado, teria mais que dobrado o valor da premiação.
  • Skin Campeonato – De forma parecida, daqui em diante, 25% da receita das skins Desafiante de todo ano será adicionada ao valor da premiação do MSI (Mid-Season Invitational).
  • Skin Campeonato das Equipes – A partir da equipe vencedora do Mundial deste ano, vamos dividir 25% da receita recebida nas vendas de skin no ano de lançamento de cada pacote de skins Campeonato de Equipe diretamente com os jogadores que as inspiraram, bem como com sua equipe e liga (porque tudo contribui para levar a equipe até lá). Assim como criamos skins Campeonato retroativamente para os vencedores passados, vamos dividir retroativamente a receita das skins passadas com os jogadores, equipes e ligas campeões que as inspiraram (Fnatic, TPA, SKT, Samsung White e SKT de novo).
  • Produtos digitais novos (e melhorados) – No ano que vem, vamos introduzir novas oportunidades de compartilhamento de receita, como itens e promoções de eSports, assim como melhorar o compartilhamento da receita dos ícones de invocador (ícones de Campeonato Mundial aumentando de 20-30%, e de ligas regionais aumentando em valores a serem definidos regionalmente). Acreditamos que o potencial de receita é extremamente forte para equipes comprometidas em construir marcas fortes – mas levando em consideração que estes produtos são novos e não foram testados, e que estamos tentando cuidar de uma questão imediata na receita dos times, em 2017, vamos garantir um pagamento mínimo para cada equipe, a ser definido conforme históricos e projeções regionais. Por exemplo, a LCS EU terá uma receita mínima de €100.000 por equipe para toda a temporada, onde 50% deste valor será direcionado para os jogadores como renda suplementar a seus salários. As negociações serão realizadas em cada região, conforme históricos e projeções específicos de cada localidade. 

Mesmo sem contar os pagamentos retroativos de Campeões passados, isso contribuirá com milhões de dólares em receita adicional para equipes e profissionais todos os anos. 

Indo em Direção ao Futuro

image-4Acreditamos que o futuro seria brilhante para os eSports de LoL em 2012 – e está ainda melhor hoje, à medida que tomamos nossos passos mais significativos. Ao passo em que enfrenteamos desafios adicionais e futuros incertos, continuaremos com as nossas principais convicções; a de colocar os fãs de eSports em primeiro lugar, de construir um ótimo ecossistema que mantenha acesa a chama do esporte que você ama a longo termo, e que os fãs, profissionais e equipes almejem.

Obrigado por fazer do nosso esporte o que ele é. Nos vemos no Mundial!

Fonte: www.br.leagueoflegends.com


Riot Games produz documentário e demonstra intimidade e preocupação com o cenário competitivo


A Riot Games chegou com mais uma novidades para nós, jogadores ou não: a segunda edição da mini série de documentários chamados de Live/Play. Nela, será apresentada histórias de jogadores ao redor de todo o mundo, com um um objetivo e paixão em comum: League of Legends.

A empresa já vem com um projeto de apresentar toda a paixão e dedicação que gira em torno do jogo, o que traz um importante conceito de como a relação com o game pode ultrapassar o entretenimento num conceito mais purista e também transformar a vida de mbrazilesportsuitas pessoas/jogadores que decidiram que isso é uma parte prioritária do seu tempo e passaram a levar o jogo e a competição para um outro nível. 

Já adianto que é bem difícil não se sentir de alguma forma representado no momento desde o vídeo de divulgação em que um brasileirot tem uma participação na narração, mesmo aliado ao fato de este que vos escreve não é um jogador de League Of Legends. Contudo, me deparar com esse tipo de material em que trata de maneira dedicada e séria a questão dos jogos como competição, fonte de renda e até mesmo de superação de várias pessoas é bem satisfatório. 

Dentro desse contexto, é possível perceber um interessante movimento de ação por parte da Riot Games em divulgar o cenário competitivo que por muitas vezes é negligenciado ou desconhecido por muitos. Isso gera valor para os jogadores e mostra como a empresa tem feitos esforços para manter-se integrada nisso.

Marcio Orlandi, diretor de Produtos da Riot Games no Brasil, cita o seguinte:

“Criamos esta série de documentários, pois acreditamos que mostrar histórias que acontecem por trás do game é uma forma de compartilhar experiências únicas, pessoais e sociais, de cada indivíduo, e ao mesmo tempo mostrar que há uma fator de identificação único na comunidade e uni-los ainda mais”

Independente do gosto em particular pelo jogo, podemos esperar que seja um material interessante, assim como demonstrado no primeiro episódio, para a divulgação dos jogos como competição profissional. Fica aqui o desejo de que este entre na lista de materiais interessantes e obrigatórios sobre o assunto.

O primeiro episódio você pode conferir no Youtube e com a participação do Vinicius Garcia, jogador de League of Legends.

E você, o que achou dessa iniciativa? Vamos trocar umas ideias.

Fontes: Tech Mundo / Riot Games


A convite da Riot Games Brasil, organizadores de eventos e torneios regionais de LoL participam do primeiro workshop no País


Para quem não soube, a Riot Games (produtora e distribuidora do League of Legends) promoveu, de 29 de abril a 1º de maio, a primeira edição do Workshop de Influenciadores Regionais, que foi um encontro destinado a 31 organizadores de eventos e torneios de League of Legends, de 18 estados do Brasil, interessados na troca de experiências e novas estratégias para difundir profissionalmente o game League of Legends.

O evento contou com a presença de diversos jogadores, dentre eles proprietários de bares voltados aos fãs de eSports, responsáveis por times profissionais de League of Legends e criadores de conteúdo.

Segundo Marcio Orlandi, diretor do League of Legends no Brasil:

“Para que a comunidade cresça de maneira horizontal, é preciso sempre trocar informações e experiências, por isso realizamos o Workshop”, afirma.

Durante os dois dias e meio de evento, os participantes tiveram acesso a palestras ministradas por Rioters, que falaram sobre temas que auxiliam os organizadores a reforçar a influência em suas regiões e unir as comunidades locais. Alguns tópicos abordados foram: como encontrar parceiros e patrocinadores; iniciativas para fomentar comunidades locais e divulgar seus eventos nas redes sociais; e pesquisas para receber feedback dos jogadores, a fim de melhorarem seus eventos.

Você pode conferir mais sobre evento da Riot Games logo abaixo. Aproveite e comente sobre o que achou:


Riot Games lança série especial sobre os Valores de Design de League of Legends


A Riot Games lançou uma série especial sobre Valores de Design em sua Central de Aprendizado de League of Legends. São três vídeos que explicam quais são as filosofias que os designers de LoL seguem na hora de modificar e de atualizar o jogo. São elas: evolução, clareza, expertise, escolhas significativas, contra-jogada e trabalho em equipe. A série está disponível na Central de Aprendizado, canal do site oficial de League of Legends.

central-de-aprendizadoOs três vídeos são apresentados pelo Rioter Lucas “Luqi” de Brito. Ele mostra, por meio de imagens e de uma forma simples e didática, o porquê a Riot Games troca, por exemplo, uma cor ou efeito do jogo, cria novos campeões e novas mecânicas. Ao final, há um fórum disponível para que os jogadores possam expor suas dúvidas e opiniões.

Marcio Orlandi, diretor de Produtos da Riot Games Brasil.
“É importante deixar claro à comunidade no que a Riot Games se baseia para atualizar League of Legends. Isso permite que os jogadores entendam a nossa linha de pensamento. Abrir espaço para eles debaterem sobre o tema apresentado nos vídeos também nos ajudará a inovar e a melhorar cada vez mais o jogo.”

Os Valores de Design da Riot Games foram definidos em 2014 e até hoje os desenvolvedores de LoL se baseiam neles para evoluir a qualidade mecânica e artística do jogo. “Seguimos estes princípios para deixar League of Legends mais dinâmico, divertido, competitivo, saudável e balanceado”, afirma Orlandi.

A série especial sobre Valores de Design faz parte da meta da Riot Games Brasil em sempre manter os jogadores informados sobre tudo o que acontece em League of Legends para que tenham a melhor experiência com o jogo.

Para saber mais, é só conferir os episódios abaixo:

Episódio 1 – Evolução e Clareza

Episódio 2 – Expertise e Contra-Jogadas

Episódio 3 – Escolhas e Trabalho em equipe


A Riot Games está com diversas vagas abertas para o escritório de São Paulo


A Riot Games (produtora e distribuidora do League of Legends) está com vagas abertas para os fãs de jogos eletrônicos. São mais de 15 posições para o escritório de São Paulo para as áreas de Artes, Comunidade, eSports, Experiência do Jogador, Gerenciamento de Projetos, Localização, Marketing, Relações Públicas, Produção de Vídeos, Suporte ao Jogador e Tecnologia da Informação (TI).

De acordo com o Gerente Geral da Riot Games, Roberto Iervolino, o mercado de games hoje oferece oportunidades para todos, desde posições de analista, coordenação a direção. “Buscamos identificar talentos que possam contribuir com os nossos esforços em promover a melhor experiência aos nossos fãs e jogadores”, comenta o executivo.
RiotGamesLogo
A Riot Games oferece salário e benefícios competitivos em relação ao mercado, além de uma bolsa anual para jogos, parte dos esforços da empresa em ser a companhia mais focada no jogador do mundo. Os interessados devem entrar no site da Riot Games e selecionar a cidade de São Paulo; após acessar a vaga de interesse, é preciso enviar uma carta de apresentação e currículo. Todas as oportunidades exigem o idioma inglês entre os níveis avançado e fluente. Após a seleção dos currículos, serão realizadas entrevistas para verificar a experiência e formação do candidato, além de avaliar se o perfil do profissional é compatível com a cultura da empresa.


Final da 2ª Etapa do CBLoL será transmitida nos cinemas


A final da 2ª Etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) será transmitida ao vivo pela Cinelive para um circuito preliminar de 24 salas de cinemas brasileiras. Os estados de Alagoas, Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo receberão a transmissão da partida decisiva do torneio diretamente do estádio de futebol Allianz Parque, em São Paulo, no dia 08 de agosto.wp-20150418-13-15-53-pro_atwr.1920

A pré-venda de ingressos teve início em 16 de julho no site www.cinelive.com.br ou nas bilheterias dos cinemas participantes. O valor do ingresso é de R$ 40,00 e a meia-entrada será aplicada de acordo com a legislação local de cada cidade. As compras realizadas pela internet estão sujeitas à taxa de conveniência do portal de vendas.

Essa é a segunda parceria da Cinelive com a Riot Games, produtora e distribuidora do League of Legends – a primeira foi a transmissão da final da 1º Etapa do CBLoL realizada diretamente de Florianópolis para 25 salas em 18 praças em todo o Brasil, em abril.

A transmissão da final da 1ª Etapa do CBLoL levou mais de 6.500 jogadores e fãs de League of Legends aos cinemas e a expectativa é que esse número dobre para a final da 2º Etapa. “A primeira fase do torneio superou nossas expectativas e provou que atrações como campeonatos já ganharam espaço nos cinemas e proporcionam experiências exclusivas para vários públicos. Nesta etapa, já no circuito de abertura, a Cinelive ampliou o circuito de salas participantes para atender de forma abrangente os fãs do jogo”, comenta Laudson Diniz, Gerente Executivo da Cinelive.

Pioneira no mercado de transmissão de conteúdo digital via satélite para os cinemas, a Cinelive realiza a exibição de grandes eventos esportivos e de entretenimento, como shows, óperas, jogos da Copa do Mundo, finais do Super Bowl e UEFA Champions League, entre outros.

Para mais informações sobre venda de ingressos e cinemas participantes acesse www.cinelive.com.br.

 

Confira a primeira lista de cinemas que exibirão a 2ª etapa do CBLoL:

UF Cidade Rede Cinema
AL Maceió CENTERPLEX Centerplex Patio Maceió
AL Maceió KINOPLEX Kinoplex Maceió
AM Manaus KINOPLEX Amazonas
CE Fortaleza CENTERPLEX Centerplex Shopping Via Sul
DF Brasília KINOPLEX Kinoplex Park Shopping
ES Vila Velha KINOPLEX Kinoplex Praia da Costa
GO Goiânia KINOPLEX Goiânia Shopping
PB João Pessoa CINESPAÇO Cinespaço Mag Shopping
PR Curitiba UCI Curitiba – Estação Plaza Show
RJ Rio de Janeiro KINOPLEX Cine Fashion Mall
RJ Rio de Janeiro CINE ODEON Cine Odeon
RJ Rio de Janeiro KINOPLEX Kinoplex Nova América
RJ Rio de Janeiro KINOPLEX Kinoplex Tijuca
RJ Rio de Janeiro UCI New York City Center
RJ Campos dos Goytacazes KINOPLEX Avenida
RJ São João de Meriti KINOPLEX Kinoplex Grande Rio
RS Porto Alegre ESPAÇO ITAÚ Bourbon POA
SC Florianópolis CINESPAÇO Cinespaço Beira Mar Florianópolis
SP São Paulo ESPAÇO ITAÚ Frei Caneca
SP São Paulo KINOPLEX Kinoplex Vila Olímpia
SP Santos ROXY CINEMAS Roxy Santos
SP Campinas KINOPLEX Kinoplex Dom Pedro
SP Ribeirão Preto UCI Ribeirão Shopping
SP São José dos Campos KINOPLEX Shopping Vale Sul 

Eleita uma das melhores empresas para se trabalhar, Riot Games abre oportunidades em São Paulo


A Riot Games – produtora e distribuidora do League of Legends – está com dez oportunidades em níveis de liderança para os fãs de jogos eletrônicos que sonham em trabalhar nesse segmento. As posições abertas são para o escritório de São Paulo, nas áreas de Comunidade, Eventos, Financeiro, Gerenciamento de Projetos, Recursos Humanos, Suporte ao Jogador e Tecnologia da Informação (TI).

Os interessados devem entrar no site da Riot Games e selecionar a cidade de São Paulo; após acessar a vaga de interesse, é preciso enviar uma carta de apresentação e currículo. Todas as oportunidades exigem o idioma inglês entre os níveis avançado e fluente. Após a seleção dos currículos, serão realizadas entrevistas para verificar a experiência do candidato, além de avaliar se o perfil do profissional é compatível com a cultura da empresa.

roberto-iervolino-riot-games-marketingRoberto Iervolino, Gerente Geral da Riot Games no Brasil
“Procuramos profissionais que, além de contar com uma rica experiência de trabalho, possam agregar grande conhecimento à nossa equipe e sejam apaixonados por jogos em geral. Somente com uma equipe que tenha grande interesse pelos mais variados títulos podemos ter ideias inovadoras, com o objetivo de oferecer a melhor experiência a nossos jogadores.”

A Riot Games oferece salário e benefícios competitivos em relação ao mercado, além de uma bolsa anual para jogos, parte dos esforços da empresa em ser a companhia mais focada no jogador do mundo. Além das oportunidades em níveis de liderança, a empresa conta também com outras 11 vagas, em áreas como Artes, Desenvolvimento Web, Eventos, Financeiro, Marketing, Produção de Vídeos, Recursos Humanos e Suporte ao Jogador.

100_best_fortune_riot_games_marketingEm março de 2015, a Riot Games ganhou a 13ª colocação das 100 Melhores Empresas para se Trabalhar da revista Fortune. Além disso, em junho, a empresa ficou com a 21ª colocação no ranking das 100 Melhores Empresas para se Trabalhar para a Geração do Milênio, realizado pela mesma publicação.