Miscelânia

A busca por uma “Experiência Única” nos games!


Jogos e mais jogos são lançados num curto período de tempo. A Indústria de Games tem alcançado proporções gigantescas. Gráficos e jogabilidade estão em constante melhoria, mas há algo que pontualmente certas empresas exploram que fogem do senso comum de apenas jogar mais um novo lançamento.

silent-hill-2

Silent Hill 2

De tempos em tempos, há empresas que lançam títulos que tornam-se mais do que a maioria das propostas dos jogos no mercado, eles tornam-se uma grande experiência. Jogos como “Silent Hill 2”, que após a grande repercussão do lançamento do primeiro título, conseguiu atrair jogadores que tornaram-se verdadeiros adoradores do título.

Recentemente, o game “The Last of Us” conseguiu um grande respaldo dentre os jogadores, que descrevem experiências incríveis e um grande envolvimento com a história.

the-last-of-us-03

The Last of Us

Essa experiência vai além dos gráficos ou da jogabilidade, que são adquiridas através do avanço da tecnologia, é um fator que vai dentro do subjetivo dos jogadores, onde o envolvimento com a história e com os personagens tornam o videogame mais do que uma forma de entretenimento.

Dessa forma, ter uma experiência única se torna fator determinante na fidelização dos jogadores e da qualidade em que os jogos se relacionam com os consoles. É importante estar atento ao que os videogames são capazes de proporcionar para os seus jogadores, sendo possível tornar tudo o que gira em torno deste mercado ainda mais grandioso.

Nos resta esperar quais serão as novas propostas dessa nova geração que está por vir e interagir também como consumidores para que possamos chegar a níveis ainda mais significativos no mercado de games.


3 comments on “A busca por uma “Experiência Única” nos games!

  1. Jessivan Bezerra

    Não é difícil pra mim nomear alguns títulos que me fazem sentir um sentimento que provavelmente não sentirei outra vez na vida, seja em um outro jogo ou não, em que momento da minha existência eu me sentiria tão livre como em portal 2? Cheguei a chorar com o sentimento, era algo novo, único, eu conseguia respirar melhor, pensar melhor, estava aliviado, havia tirado um peso das minhas costas tipo BAM, livre, acabou. Foi muito gratificante. Tambem em Shadow of the Colossus, o sentimento de solidão é presente durante todo o jogo.
    Existem alguns outros, mas tem aqueles que o cara carrega consigo como exemplo, não que eu não tenha gostado de The Last of Us mas não achei uma coisa “unica” verdadeiramente, algumas ideias são totalmente originais mas a historia, alguns aspectos da jogabilidade e personalidade já haviam sido usados anteriormente, mas sim, é um jogo incrível e sem precedentes em seu estilo.
    Mas de todos que já joguei até hoje, contando até o meu primeiro supernintendo, nenhum jogo mexeu mais comigo do que Bioshock Infinite, um fps, como qualquer outro, com elementos de rpg como qualquer outro mas com uma historia que me levou ao delírio, simplesmente passei 2 dias gastando o meu tempo livre estudando sobre teorias físicas tentando encontrar algum erro na ideia do jogo e não consegui, eu o compararia com um filme mas é possível que eu estrague o seu desfecho pra alguns, nunca havia sentido algo tão profundo em mim dentro de um jogo, me apeguei aos personagens em pouco tempo, tudo naquele jogo é bem trabalhado, principalmente essa parte que inclui a imersão nele, como personagens realistas (cheios de expressões faciais e algumas atitudes bem “humanas”) e cenário, bom acho que já falei de mais pra quem não quer comentar nada dos 30 últimos minutos de jogo que são os importantes xD

  2. Paulo Junior

    Obrigado por dar esse feedback Jessivan! Também tive momentos e sensações únicas com alguns títulos e esse mesmo o intuito desse post, vejo que compartilhamos dessas sensações e é neste momento que é perceptível a capacidade dos jogos.

  3. Pingback: Trilha Sonora: Criando momentos épicos e inesquecíveis! - Marketing & Games

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *